Inscreva-se no Feed do Pensar Eco e receba os posts por email!

www.pensareco.com

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Página 22: Jocemar e o lixo!

No momento em que nos damos conta, com espanto, de que o Brasil precisa importar material reciclável a despeito de todo o lixo gerado domesticamente - o que abre brechas para o envio criminoso de resíduos tóxicos, como as toneladas que chegaram do Reino Unido no Porto de Santos -, chama atenção a história de vida de Jocemar Silveira, de 39 anos.
O ex-catador de material reciclável - que fez até o Ensino Fundamental e virou um autodidata no tema do lixo, além de líder comunitário e educador ambiental - criou uma série de inventos: de prensas para PET, papel, papelão, plástico e alumínio, moinhos para triturar polímeros, até sistemas biodigestores de esgoto doméstico, com captação e uso do gás metano.  "A necessidade faz o cidadão", diz, ao contar o que o moveu nessa trajetória.
As prensas vêm ganhando versões mais eficientes desde que Jocemar foi premiado em 2002 pela Associação Brasileira da Indústria do PET (Abipet). Ganharam patente e despertam o interesse da indústria.  Segundo ele, a Tetra Pak, por exemplo, já comprou 30 equipamentos para cooperativas que lhe fornecem o material reciclável.  A Alcan estuda fazer o mesmo. As prensas são cruciais no processo de reciclagem, pois, quanto menor o volume que o lixo ocupa, mais viáveis economicamente se tornam o armazenamento e a logística.  E as inventadas por Jocemar custam menos que as disponíveis no mercado.
O moinho desenvolvido por ele também se tornou acessível às cooperativas, pois é alimentado por energia monofásica, e não trifásica, usada em indústrias.  Com isso, permite a geração de renda e a agregação de valor de maneira descentralizada.
Hoje, Jocemar está em busca de apoio- privado, público e até internacional - para implantar uma planta biodigestora orçada em R$ 2 milhões, com o objetivo de processar o esgoto de 400 residências na Cidade Júlia, na divisa entre São Paulo e Diadema, e gerar 560 metros cúbicos de gás metano por dia, além de empregos. Um gás que pode ser canalizado para a cozinha das residências, transformado em energia elétrica ou em gás veicular.

Contatos: jocemarsilveira@yahoo.com.br Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. e ultrapuro@gmail.com Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
Foto: msd-brazil

Fonte: Revista Página 22, agosto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pensar Eco agradece sua visita!
Comente, sugira, critique, enfim, participe!!! Isso é muito importante!
Abs,
Érica Sena
Pensar Eco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...