Inscreva-se no Feed do Pensar Eco e receba os posts por email!

www.pensareco.com

domingo, 14 de março de 2010

Os verdadeiros donos do nosso planeta-Nurit Bensusan

Há, certamente, mais biodiversidade entre o céu e a terra do que nossa vã filosofia - e arrogante ciência - pode imaginar. Só o mundo dos besouros deixa qualquer um perplexo: calcula-se que, na copa de uma única árvore em uma floresta tropical, vivem mais que 160 espécies diferentes de besouros e que, se essa estimativa fosse ampliada para a quantidade de espécies que temos nessas florestas, haveria mais de 8 milhões de besouros tropicais. Isto é, apesar da ilusão da humanidade - e desse blog - esse planeta é definitivamente mais dos besouros do que nosso.

No momento, é possível identificar pelo menos três diferentes tendências para lidar com essa enorme variedade. A primeira é a mais conhecida de todos nós: trata-se de acabar com ela. Os dados de desmatamento das florestas tropicais, como a Amazônia, não deixam dúvidas sobre tal tendência. Além disso, cada vez mais, acumulam-se provas de que a floresta, mesmo regenerada, não recupera a diversidade perdida (Por exemplo: http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=61771).
A segunda tendência é aumentar a biodiversidade "criando" novos organismos. Esses podem ser os já conhecidos transgênicos ou os resultados de uma das mais recentes modas: a biologia sintética. Trata-se, esta, de desenhar e construir novas partes ou sistemas biológicos que não existem na natureza, por meio da combinação de pequenas partes de DNA, como se fossem peças de "lego" que podem se encaixar de mil e uma formas, e até mesmo da criação de novas "peças" para futuro encaixe. (Para conhecer melhor o assunto, visite: http://syntheticbiology.org/FAQ.html).
A terceira tendência é a procura de novas formas de vida pelo planeta afora, privilegiando microorganismos de lugares inóspitos, como desertos e profundezas dos oceanos. A idéia é que, nesses locais, poderia haver formas de vida que se desenvolveram paralelamente às que conhecemos e que funcionam de maneiras significantemente diferentes. No caso de descobertas desse tipo, a biodiversidade aumentaria, assim como as possibilidades de encontrar vida fora da Terra. (Para ver recente abordagem desse tema: http://www.newscientist.com/blogs/shortsharpscience/2009/02/how-to-hunt-for-shadow-life.html#more).
Resta saber como os verdadeiros donos do planeta, os besouros, vão reagir a essas tendências... e resta, também, saber como nós, pobres mortais, seremos impactados... se sobrevivermos...Nurit Bensusan -26.2.2009

 Fonte: Blog Nosso Planeta

2 comentários:

  1. Érica, como eu já tinha dito antes, o Consciência Efervescente se mudou pro Arauto da Consciência.
    O link é http://consciencia.blog.br e o banner dele (pra substituir o do CE) está lá na sidebar do novo blog.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Coitados dos besourors...

    bjs
    Cintia

    ~preservblog~

    ResponderExcluir

Pensar Eco agradece sua visita!
Comente, sugira, critique, enfim, participe!!! Isso é muito importante!
Abs,
Érica Sena
Pensar Eco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...