Inscreva-se no Feed do Pensar Eco e receba os posts por email!

www.pensareco.com

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Vitrine Pensar Eco: Ecomoda do samba

    Jovens e adultos recebem capacitação na Portela com aulas de corte e costura, estamparia e bordado.

    O carnaval é uma época em que muitas tendências da moda acontecem. Além das tradicionais fantasias, é comum notarmos diferentes estilos de roupa nos foliões presentes nas ruas.

    Já para as escolas de samba são criadas grande quantidade de peças que acabam sendo jogadas no lixo após o desfile. 

    O Ecomoda aproveitou essa oportunidade para capacitar as pessoas que fazem parte desse meio e fazer com que elas aprendam a reaproveitar as sobras de tecidos e acessórios.

    O Grêmio Recreativo Escola de Samba da Portela foi a primeira escola de samba atendida pelo Ecomoda. As aulas tiveram início no começo de setembro e já contam com a participação de 50 alunos que se dividem em duas turmas e horários diferentes.

    Priscila Vilela é ex aluna do Ecomoda da Mangueira e será responsável pela turma da Portela. Trabalhava com costura e procurei a turma da Mangueira para me aprimorar um pouco mais. Me surpreendi com o curso, fiquei satisfeita com as instruções passadas pelos professores e isso me motivou a continuar no Ecomoda. Fiz prova para virar monitora e hoje estou aqui preparada para auxiliar esses novas alunos da Portela”, afirma Priscila.

    Os alunos utilizam sobras de tecidos, retalhos, jeans e banners que iriam para o lixo para produzir novas peças. Os cursistas  terão aulas de corte e costura, modelagem e estamparia, mas o foco do trabalho será na produção de bolsas. 

    “Até dezembro vamos capacitar as turmas e apresentar o produto do trabalho realizado. O Ecomoda cria roupas e acessórios que tenham a ver com a identidade do local. Nesse primeiro momento pensaremos na produção de um tipo de bolsa que tenha a cara da Portela e seja utilizado pelas pessoas durante os ensaios da escola de samba”, relatou Almir França, coordenador do Eco Moda.

    Visando a prática do empreendedorismo, o Ecomoda tem como objetivo capacitar jovens e adultos para fazer com que peças confeccionadas por eles sejam comercializadas e a renda revertida para os próprios alunos.

    Saiba mais sobre a Ecomoda:



    MODA SUSTENTÁVEL NÃO É MODISMO

    O reaproveitamento de peças é uma alternativa essencial para a preservação do ambiente, porém é necessário estar atento aos próprios hábitos relacionados ao consumo.


    Fonte: Alô Ambiente

    https://www.facebook.com/aloambiente

    Muto bom!!! Que sirva de modelo para ser replicado em outros lugares!
    Parabéns equipe do Alô Ambiente!
    Érica Sena

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Pensar Eco agradece sua visita!
    Comente, sugira, critique, enfim, participe!!! Isso é muito importante!
    Abs,
    Érica Sena
    Pensar Eco

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...