Inscreva-se no Feed do Pensar Eco e receba os posts por email!

www.pensareco.com

terça-feira, 26 de maio de 2015

Concurso nacional premiará fotos de parques e áreas naturais

http://www.wikiparques.org/

Iniciativa é do WikiParques, plataforma colaborativa que lançou um concurso nacional para selecionar os melhores registros de áreas protegidas brasileiras

Fotografar parques nacionais e outras áreas protegidas é uma forma de participar da conservação dos diversos ambientes naturais brasileiros - e pode também ser uma atividade que rende prêmios.

Os registros que forem inscritos no Concurso WikiParques de Fotos de Áreas Protegidas concorrem a premiações todo mês. Essa plataforma é uma iniciativa da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza e da Associação O Eco e utiliza o mesmo formato colaborativo da conhecida Wikipédia, mas com informações sobre as áreas protegidas brasileiras.

O concurso fotográfico marca o primeiro aniversário da plataforma, que já contabiliza 100 mil acessos e mais de 240 mil páginas visualizadas.

Esperamos que os fotógrafos [amadores e profissionais] percebam a importância das suas contribuições para criar uma bela coleção de imagens acessível a todos os brasileiros. A intenção do concurso é tornar essa atividade ainda mais divertida e premiar os melhores esforços”, diz Paulo André Vieira, editor do site WikiParques.

O concurso de 2015 será dividido em oito fases mensais – de maio a dezembro – e é aberto a fotógrafos amadores e profissionais, desde que estejam cadastrados no site. Em cada fase, serão selecionadas dez fotos, as quais receberão pontuação, sendo que as três melhores serão premiadas com livros fotográficos. Ao final de todas as fases, o fotógrafo que tiver a maior pontuação será o vencedor e receberá um prêmio especial.

A primeira fase termina em 31 de maio e já conta com mais de 100 de fotos inscritas, de diversas partes do país. Entre elas, estão belíssimos retratos de diferentes unidades de conservação brasileiras, como o Parque Estadual Serra do Intendente (MG), o Parque Nacional da Chapada Diamantina (BA) e o Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha (PE).


Para a diretora executiva da Fundação Grupo Boticário, Malu Nunes, essa é uma oportunidade de mobilizar pessoas para a causa da conservação. “Ações como essa engajam diferentes públicos, pois unem a paixão que as pessoas têm pela fotografia com a conscientização sobre a importância de se conservar a natureza, que expressa tanta beleza e da qual dependemos para viver”, afirma.

Critérios para o concurso

Para participar, é preciso ter conta no WikiParques onde as fotos devem ser inscritas e enviar quantas fotos quiser e em quais fases preferir.

 As imagens devem ser inéditas, sem filtros ou tratamento e devem retratar uma área protegida localizada no Brasil. 

Não é permitido o uso de assinatura, bordas, datas, endereço de página web ou qualquer outra informação na imagem. As fotos que não atenderem a esses critérios serão excluídas automaticamente. 

Para submeter as imagens, o participante deve acessar www.wikiparques.org e entrar em sua conta na plataforma. Caso não a possua, poderá criar uma gratuitamente no próprio site.  

A seleção das fotos será feita por um júri formado por fotógrafos renomados, como Adriano Gambarini, Victor Moryama e Márcio Isensee Sá, todos reconhecidos pelo trabalho voltado à conservação da natureza.



WikiParques

Lançado em 2014, o objetivo dessa plataforma colaborativa é fomentar uma comunidade vibrante que ajude a documentar e divulgar as áreas protegidas brasileiras. Seus participantes podem ser autores de fotos, verbetes e participar de fóruns de debate. O site também possui um blog com as últimas notícias sobre áreas protegidas.

Sobre a Fundação Grupo Boticário: a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza é uma organização sem fins lucrativos cuja missão é promover e realizar ações de conservação da natureza. Criada em 1990 por iniciativa do fundador de O Boticário, Miguel Krigsner, a atuação da Fundação Grupo Boticário é nacional e suas ações incluem proteção de áreas naturais, apoio a projetos de outras instituições e disseminação de conhecimento. Desde a sua criação, a Fundação Grupo Boticário já apoiou 1.436 projetos de 482 instituições em todo o Brasil. A instituição mantém duas reservas naturais, a Reserva Natural Salto Morato, na Mata Atlântica; e a Reserva Natural Serra do Tombador, no Cerrado, os dois biomas mais ameaçados do país.  Outra iniciativa é um projeto pioneiro de pagamento por serviços ambientais em regiões de manancial, o Oásis. 

Na internet

Fonte: Nqm Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pensar Eco agradece sua visita!
Comente, sugira, critique, enfim, participe!!! Isso é muito importante!
Abs,
Érica Sena
Pensar Eco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...