Inscreva-se no Feed do Pensar Eco e receba os posts por email!

www.pensareco.com

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Meu repúdio contra a matéria de capa da GALILEU de março!


Recebi ontem a última Galileu, e logo me chamou atenção a CAPA VERDE com o seguinte título: " Livre-se dos mitos verdes, juntamente com a foto do comediante Danilo Gentili e uma tarja em vermelho:

NADA DISSO VAI SALVAR O PLANETA!

PARE TUDO O QUE VC ESTÁ FAZENDO PARA SALVAR O PLANETA

 Não sei se todos ambientalistas e profissionais da área ao lerem, pensarão como eu, mas achei uma matéria com tom de humor exagerado, o que não combina com o assunto sério,e acaba ridicularizando todos nós (os chatos)

 " ACHO QUE ALGUNS CHATOS DE PLANTÃO ANDARAM ESCORREGANDO EM ALGUMA COISA...OPS.." D. Gentili 

 O pior é que no meio dessa matéria tem informações que são importantes e se perdem no contexto.

Primeiramente, esses mitos, que são apenas dicas ( e não as principais), e fazem parte de uma enorme lista de como ajudar a combater o aquecimento global.

  Mitos

  1- Coma só alimentos locais- O melhor é comer alimentos importados.

AMBIENTALISTAS: Ao consumir alimentos locais, além de diminuir a emissão de CO2 liberada, ajudaremos na sobrevivência de famílias que trabalham em pequenas agriculturas, nos quais os alimentos são mais saudáveis e menos impactantes ao meio ambiente. Não significa só comer o que está sendo produzido em seu entorno, mas sim escolher melhor seus alimentos. A saúde está relacionada com alimentos de qualidade, e não com quantidade, distância.

2- Proíba sacolas plásticas- sacolas plasticas são menos impactantes que as de papel.

AMBIENTALISTAS: Quando falamos desse tema, não sugerimos a troca de plástico por papel, mas sim do uso de ECOBAGS e a diminuição do consumo.

" NUNCA MAIS ME ENCHAM AS SACOLAS  COM ESSA CONVERSA DE SACOLINHAS!"

3- Precisamos de Conferências Climáticas- são discussões sem fim.

AMBIENTALISTAS: Podem até não ter fim, ou não terem resultados esperados, mas fazem que o mundo discuta sobre esse problema, que não é só MEU, só SEU, mas é NOSSO!

4- A energia eólica é a mais sustentável- é sustentável, mas não pode resolver o problema.

AMBIENTALISTAS:  Defendemos vários fontes energéticas limpas, onde destacamos a solar e a biomassa e também a eólica.

5- Recicle- incineração de vidros e metais é mais eficiente.

AMBIENTALISTAS: Defendemos os 5 R´s, onde o último é a reciclagem. Antes disso vem: repensar, reduzir, recusar, reutilizar. 

A incineração é altamente impactante e combatida pela maioria.

6- Vamos comprar e vender crédito de carbono- esta transação praticamente vende  ás empresas o direito de poluir.
 
AMBIENTALISTAS: para quem está por dentro do assunto, sabe que as  empresas só podem vender ou comprar uma pequena cota. Só haverá uma neutralização total, se alèm de comprar ou vender, reduzirem sua emissão.

7- Compre carro elétrico

AMBIENTALISTAS:  não acredito que nenhum ambientalista diga para comprar um carro elétrico...rs. Nossa dica é deixar o carro na garagem e utilizar o transporte coletivo, caronas, bicicletas.

8- O aquecimento global vai acabar com a Terra

AMBIENTALISTAS: Sempre falamos que a Terra já passou por muitas mudanças e não se abalou, mas o seres vivos, incluindo o SER HUMANO, corre risco.

Caso a mídia continue produzindo matérias que além de não serem sérias, atrapalham na conscientização dos leitores, principalmente os jovens ( leitores desta revista), com certeza correremos risco de morrer mais cedo diante de catástrofes ambientais.

Caros amigos ambientalistas, se não concordarem com o que escrevi, o espaço estará aberto para discussões.


Érica Sena













16 comentários:

  1. Realmente, foram infelizes nesta edição!

    ResponderExcluir
  2. Chateada e triste pela falta de amor de alguns... o que seria o futuro se hoje os "bobões da naturteza" não estivessem agindo em prol da vida de todos os nossos descendentes. Vi uma área recuperada em Peruíbe e ficar a imaginar como estava sem aquele belo verde... que feio, isso sem falar no ar. Não distante de onde morro ainda tem uma chácara, o alface tem cheiro e não tem venenos.

    ResponderExcluir
  3. Érica, que absuro!

    Logo que começa-se a ler tem-se a impressão de que foi um adolescente rebelde, sem base, fundamentação e argumentos técnicos que escreveu.

    É o 'ataque' ao 'ambientalismo' mais ridículo que já vi.

    Porém, para nós que dispomos do precioso tempo de nossas vidas para a conscientização coletiva, é um tremendo repuxo.

    Concordo com o teu ponto de vista e lamento muito a iniciativa da revista.

    Um forte abraço e obrigado pela infomação de sempre.

    ResponderExcluir
  4. Mais uma atitude infeliz do Danilo Gentili e dos reponsáveis pela revista Galileu.

    Aproveito pra deixar uma reflexão:

    "Por mais imbecil que você seja, sempre haverá um imbecil maior para achar que você não o é."
    -- Millôr Fernandes, pensador.info

    E isso é um problemão!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Érica
    PARABÉNS! Pela postagem! Excelente!

    Que coisa! Agente tentando mudar a consciência das pessoas, e uma revista de relevância no mercado publica uma matéria dessa. Fala sério! Assim não dá! Gentili! Estou decepcionada com você, participando de um absurdo desse.

    Triste!

    ResponderExcluir
  6. Obrigada a todos que escreveram aqui e no facebook!!
    Estamos atentos!!
    abs
    Érica Sena

    ResponderExcluir
  7. Mas que imbecis.
    Nem se trata de falar como ambientalista... a matéria e denegrintemente (existe?) desinformadora e xenofóbica (contra os que se preocupam com o ser humano, pelo menos).
    Até aceitaria numa Superinteressante... mas a Galileu acaba de cair no rol de revistas sobre ciência para leigos que a troco de aumentar as vendas, escreve qquer coisa.
    Que triste fim...

    ResponderExcluir
  8. Érica, achei muito interessante a sua postura diante dos absurdos que uma revista de renome como a Galileu ousou publicar. Em se tratando do assunto, é sempre oportuno abordá-lo. O que realmente assustou foi a forma anti-profissional como a revista conduziu um tema tão relevante atualmente. Achei extremamente lamentável que as questões ambientais tenha sido tratadas desse modo grosseiro. Mas, pelo fica a pergunta (cujos fatos por si respondem) : quem realmente está preocupado com a sustentabilidade do nosso planeta e quem quer apenas vender em cima desse tema?

    ResponderExcluir
  9. Que coisa mais sem graça.......
    Diante de tantas evidencias, de tantos estudos e de tanto comprometimento com as futuras gerações um comediante é posto para desqualificar tudo isto?
    Se até mesmo os cientistas céticos com relação as mudanças climáticas estão revendo suas ponderações, como este revista pode ser leviana ao ponto de ridicularizar o ato cidadão em prol da qualidade de vida e do futuro?
    Abraço e indignação,
    Cesinha

    ResponderExcluir
  10. Querida, é isso, estão chutando o balde!
    Pois depois de tanto falar, reuniões, estudos e mentiras.
    Nada acontece, esse artigo quer misturar tudo pra sacudir as mentes pensantes.
    Estão jogando mer.. no ventilador.
    Boa sorte.

    ResponderExcluir
  11. nossa, achei ri-di-cu-la essa matéria, sério...eu vi na introdução da revista q um estagiario foi promovido despois de escrever essa matéria :$!
    se o objetivo deles era aumentar as vendas causando, conseguiram, eu comprei, mas nunca mais vou comprar.

    ResponderExcluir
  12. Os manipuladores do sistema querem é o nosso silêncio, você vai se omitir e colaborar com os responsáveis pelo caos e destruição dos ecossistemas e da vida planetária. Só os decentes lançam sementes de esperança e a certeza da vitória.

    ResponderExcluir
  13. É tão lamentável a matéria quanto o enfoque que tentar dar aos naturalistas classificando-os pejorativamente "natureba" (essa palavra é depreciativa e seu uso não é formal) Preocupa-se em não ingerir comida com os venenos dos agrotóxicos e co os aditivos químicos dos alimentos industrializados é agir racionalmente, e não deixar-se levar pela mídia da propaganda consumista. A revista Galiceu cometeu uma gafe imperdoável com essa matéria de capa.

    ResponderExcluir
  14. A Galileu ja ta um lixo ja faz mais ou menos uns 2 anos, agora quando não é reportagem de capa Hit.ler, é Deus Existe???

    A melhor revista nacional é a Mundo Estranho!

    ResponderExcluir
  15. Olha, eu entendo e sei que esta será a resposta educada da redação da revista que todos tem direito a opinar,etc.. mas uma revista que coloca com slogan - tecnologia, ciencia e cultura deveria no mínimo ter um equipe capaz de avaliar os comentários " debeis mentais" do Sr Gentili, que claro está precisando estudar mais ou voltar a fazer o que ele sabe bem- comédia. Se a intenção da revista era fazer comédia, ela conseguiu em cheio.

    PEssoal, a questão não é o aquecimento global em si. O modelo mais sustentável ele prega algo maior que é harmonizar alguns desequilibrios. Nao tem niguem querendo salvar o mundo, mas existe coisas óbvias sr Danilo:
    1- a sociedade é mal educada( por um governo mal educado e bem mal educado) e as sacolas plasticas assim como garrafas pet,embalagens descartaveis, se transformam em um lixo incontrolável que causa inumeros problemas sociais. MUito engraçado voce falar das suas sacolas ( fazendo apologia a seu saco), que realmente está merecendo um contato mais agressivo para vc se comportar de forma condizente com a realidade.

    ResponderExcluir
  16. Rafael de Miranda Volpe7 de março de 2011 08:48

    Eu discordo do que alguns escreveram aí. A intenção da revista não era acabar com tudo que os ambientalistas estão fazendo pelo planeta, mas como tantas coisas divergem por aí, a intenção era alertar as pessoas sobre a verdadeira ação que cada um deve estar comprometido fazer.
    A intenção da Galileu nunca é detonar ninguém, mas tentar dizer a verdade fazendo você pensar junto e não só aceitando como na "Agulha Hipodérmica" o que a comunicação adora fazer.

    Portanto, ambientalistas tudo o que dizem na revista tem pesquisa e se pensarmos bem são verdade... o único problema foi não terem conscientizado um público que não sabe nem de um lado, como do outro. Mas ao meu ver, a revista não está errada nas informações que passou...

    ResponderExcluir

Pensar Eco agradece sua visita!
Comente, sugira, critique, enfim, participe!!! Isso é muito importante!
Abs,
Érica Sena
Pensar Eco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...